quinta-feira, 22 de setembro de 2022 - 22/09/2022 23:12:45
Nice Content News

Problemas com o sono e uma noite mal dormida podem trazer inúmeros prejuízos para a saúde e a vida em geral. Muitas vezes, ter uma atenção a mais com a rotina, com o colchão ou o travesseiro já é algo suficiente para melhorar o momento do descanso. 

Porém, muitas vezes o problema está relacionado ao próprio organismo da pessoa. Um dos fatores biológicos mais comuns que podem levar a problemas com o sono é a falta da melatonina, um hormônio imprescindível para um bom descanso. 

Entenda neste artigo do Nice Content News o que é e como funciona a ação desse hormônio no organismo!

O que este artigo aborda:

O que é a melatonina?

A melatonina é um hormônio produzido pelo próprio corpo, especificamente pela glândula pineal, no cérebro. Sua produção não ocorre sozinha, é preciso que ela seja estimulada, ou seja, a melatonina é liberada em resposta a algum estímulo externo.

No caso, o principal estímulo para sua produção e liberação é a iluminação ー ou a falta dela. A melatonina começa a ser produzida pela glândula pineal, conforme o dia vai escurecendo e se transforma em noite. 

Homem com sono bocejando

Assim, o estímulo para sua produção é a baixa luminosidade, que faz com que o hormônio comece a agir no cérebro, indicando que é o momento de se preparar para o sono e o descanso. Dessa maneira, a melatonina tem relação direta com o sono. 

Qual é a relação da melatonina com o sono?

A melatonina é o hormônio que indica para o cérebro que está na hora de se preparar para dormir, pois o dia acabou (quando escurece). É possível perceber que a melatonina é um hormônio natural do ser humano, presente desde a evolução, e que era capaz de controlar os ciclos de sono e o descanso das pessoas. 

A melatonina continua com a mesma função: ajudar o indivíduo a cair no sono e descansar mais tranquilamente. O problema, entretanto, é que hoje em dia, quando o dia acaba e escurece, temos muitos outros estímulos luminosos. 

Assim, a glândula pineal deixa de produzir a melatonina, pois ainda está “claro” pelas luzes artificiais, principalmente a luz branca, de telas de computadores e de celulares. Com isso, é comum que muitas pessoas desenvolvam esse problema para pegar no sono, pois estão com sua melatonina desregulada, dificultando o descanso e comprometendo toda a saúde. 

Por isso, a rotina de sono se torna cada vez mais importante, já que estimula a glândula pineal para a produção de melatonina. 

Qual é a importância da regulação da melatonina?

Quando a melatonina está desregulada, o principal prejudicado é o sono. Uma boa noite de descanso é essencial para a saúde mental e física, por isso, precisa ser uma prioridade para quem quer mais bem-estar. 

Com a melatonina desregulada, o indivíduo começa a ter problemas para pegar no sono, desenvolve insônia e ansiedade e também acorda no meio da noite. Ou seja, a qualidade do seu sono diminui muito e afeta as outras esferas da vida. 

Como visto, essa desregulação do hormônio é causada principalmente pelos hábitos de luminosidade perto da hora de dormir, que fazem com que a melatonina não seja produzida ou seja produzida apenas em pouca quantidade. O indicado é que pelo menos uma hora antes de se deitar a pessoa tenha uma rotina de sono para preparar o cérebro, o que inclui diminuir a iluminação da casa. 

Ter uma quantidade de melatonina regulada ajuda a:

  • Dormir mais rápido;
  • Diminuir chances de insônia;
  • Diminuir a ansiedade tanto na hora de dormir quanto no dia a dia; 
  • Descansar o cérebro;
  • Ajudar outros hormônios a serem liberados;
  • Promover mais energia para o dia seguinte, etc. 

Como suplementar a melatonina?

Mesmo com os cuidados de diminuir a luminosidade e ter uma rotina de sono, é comum que muita gente ainda sofra de insônia ou problemas para dormir. Nesse caso, pode ser indicado o uso de melatonina oral, para aumentar a quantidade do hormônio no metabolismo. 

Essa indicação precisa ser feita por um médico, geralmente algum especialista do sono, pois é preciso entender a dosagem e a real necessidade. Porém, a melatonina oral é muito segura, então, é possível comprá-la mesmo sem receita. 

Esse método é também muito utilizado para quem viaja muito e sofre com jet lag (mudanças de horários constantes que atrapalham a rotina do sono). Entretanto, é sempre indicado que quem tem problemas com sono procure um médico especializado. 

Isso porque, muitas vezes, a pessoa faz a suplementação do hormônio sem necessidade, sendo que o problema pode ser comportamental (como ter muitos estímulos cerebrais antes de dormir). Tomar a melatonina sem precisar pode levar à desregulação, criando um problema que antes não existia. 

Por isso, caso esteja tendo problemas com sono e tempo de descanso, procure um médico. Muitas vezes a questão é comportamental ou está relacionada a outros problemas de saúde, como respiração, apneia do sono e ansiedade.

Marcela Ferreira

Enfermeira pós graduada com especialização em traumas, urgência e emergência. 12 anos de experiência na área de saúde mental na rede SUS do município de Belo Horizonte. Atuo com criança, adolescentes, adultos e usuários de múltiplas drogas.

1

Pode ser do seu interesse

Como tratar a ansiedade: saiba quais são as opções

Como tratar a ansiedade: saiba quais são as opções

O que é saúde ocupacional? Saiba tudo

O que é saúde ocupacional? Saiba tudo

Como manter a pele mais firme?

Como manter a pele mais firme?

Com aumento de casos de dengue no país, saiba identificar os sintomas

Com aumento de casos de dengue no país, saiba identificar os sintomas

Mobilidade ativa e sustentável

Mobilidade ativa e sustentável

Meu filho pegou gripe: como evitar a recontaminação?

Meu filho pegou gripe: como evitar a recontaminação?