sexta-feira, 23 de setembro de 2022 - 23/09/2022 03:13:28
Nice Content News

Infelizmente, ainda existe muita falta de informação sobre as doenças causadas pelo consumo de álcool, e além dos riscos imediatos, o abuso de álcool tem efeitos importantes a longo prazo.

Além de doenças digestivas, neurológicas, cardiovasculares, alguns tipos de câncer e problemas cognitivos, o uso abusivo de álcool também pode causar dependência.

Portanto, se você conhece alguém que está tendo problemas com o uso de álcool, é importante conhecer todos os malefícios e se possível, ajudar essa pessoa a se livrar do vício.

Para tirar todas as suas dúvidas sobre os efeitos do álcool na saúde, preparamos um material com tudo o que você precisa saber!

Confira: 5 Benefícios do limão para a saúde

Homem com a cabeça baixa com alguma doença causada pelo consumo do álcool

O que este artigo aborda:

As consequências do consumo de álcool alguns fatos…

Em primeiro lugar, segundo dados da Organização Mundial de Saúde, o álcool é responsável por 3,3 milhões de mortes a cada ano, e a tendência é só aumentar.

No conjunto de mortes associadas ao uso excessivo de álcool no mundo, 29% seriam devido a ferimentos, 21% a doenças digestivas, 19% a doenças cardiovasculares, 13% a doenças infecciosas e 12% a alguns tipos de câncer.

Ou seja, as consequências a longo prazo do consumo do álcool são inúmeras e afetam tanto o indivíduo quanto quem está à sua volta e à sociedade.

Além disso, um estudo realizado em uma clínica de recuperação para alcoólatras em São Paulo mostrou que, quanto maior for a quantidade consumida, juntamente com o tempo de uso, maiores serão os riscos à saúde.

Por isso, é tão importante estar atento aos primeiros sinais e buscar o quanto antes ajuda profissional.

Doenças causadas pelo consumo de álcool

Agora que você conhece alguns fatos que envolvem o uso excessivo de álcool, além de efeitos imediatos, como náuseas e vômitos, já que o álcool afeta a mucosa do estômago, pode provocar também sérios danos à saúde física e mental.

Entre as principais doenças causadas pelo consumo de álcool, podemos citar:

Doenças cardiovasculares

Vários estudos comprovam que o consumo de álcool está associado a um risco maior de AVC, doenças coronarianas, insuficiência cardíaca e hipertensão.

Câncer

O álcool, por si só, é uma substância cancerígena para o ser humano. A ingestão de álcool aumenta o risco de desenvolver um câncer colorretal, de boca, faringe, esôfago e fígado.

Inclusive, podem aparecer alguns tipos de manchas na pele que podem ser câncer.

Doenças gastrointestinais

A cirrose hepática, hepatite alcoólica e pancreatite estão diretamente ligadas ao consumo de álcool. Praticamente metade dos óbitos relacionados às cirroses são em razão do álcool.

Doenças infecciosas

Excesso de bebidas alcoólicas pode levar a comportamentos sexuais de risco, por exemplo, não usar preservativos durante as relações sexuais, o que pode causar uma doença sexualmente transmissível.

Por outro lado, as pessoas que consomem de maneira excessiva, o álcool pode diminuir a resposta do sistema imunológico, podendo resultar maiores riscos de doenças infecciosas, como a pneumonia e tuberculose.

Problemas neurológicos e neuropsicológicos

Em doses pequenas, o álcool tem um efeito psicológico estimulante, excitante e mesmo desinibidor. Já em altas doses, seu efeito é sedativo, causando problemas no equilíbrio, percepção, coordenação…

Entre esses problemas, podemos destacar: transtornos de personalidade, depressão, ansiedade e esquizofrenia.

No caso da depressão ela é ao mesmo tempo um fator de risco para o consumo, e uma consequência da ingestão de álcool.

Vale mencionar que entre as doenças causadas pelo alcoolismo, está a dependência, que é caracterizada por um desejo incontrolável por bebidas alcoólicas, onde o indivíduo perde total controle sobre sua vida.

Problemas cognitivos

O consumo de álcool é também responsável por problemas cognitivos, e atinge pelo menos a metade dos pacientes que apresentam um consumo de risco.

Os mais frequentes afetam as funções executivas, como planificação e resolução de problemas, a memória, capacidades de orientação no espaço e visualizar objetos, e a cognição social, que rege os comportamentos sociais.

Recentemente, um estudo estabeleceu uma ligação entre o consumo excessivo de álcool e o risco de demência, como o Mal de Alzheimer.

Conclusão

Além de todas essas doenças causadas pelo alcoolismo, não podemos nos esquecer que a dependência alcoólica afeta a vida pessoal, profissional e social da pessoa.

O alcoólatra pode apresentar conflitos familiares, com os amigos, ter problemas no trabalho e no seu convívio em sociedade.

Portanto, o alcoolismo é uma doença crônica e enquanto tal, necessita de tratamento especializado, de preferência, assim que surgirem os primeiros sinais.

Dessa forma, é possível evitar todas essas doenças causadas pelo consumo de álcool, contribuindo para uma melhor qualidade de vida e bem-estar!

Por fim, se você ainda tem alguma dúvida sobre quais são as doenças causadas pelo consumo do álcool, veja o vídeo no canal do Hospital Israelita Albert Einstein.

Leia também: Quais são os perigos das drogas para a saúde?

Marcela Ferreira

Enfermeira pós graduada com especialização em traumas, urgência e emergência. 12 anos de experiência na área de saúde mental na rede SUS do município de Belo Horizonte. Atuo com criança, adolescentes, adultos e usuários de múltiplas drogas.

1

Pode ser do seu interesse

O que é a melatonina e qual a sua função?

O que é a melatonina e qual a sua função?

Saiba tudo sobre a toxoplasmose e como tratar

Saiba tudo sobre a toxoplasmose e como tratar

Radiação: Como é feita a proteção e blindagem?

Radiação: Como é feita a proteção e blindagem?

Medicina intensiva: entenda o papel da cannabis medicinal

Medicina intensiva: entenda o papel da cannabis medicinal

Com aumento de casos de dengue no país, saiba identificar os sintomas

Com aumento de casos de dengue no país, saiba identificar os sintomas

Ambulância Particular para Profissionais na Linha de Frente para Covid-19

Ambulância Particular para Profissionais na Linha de Frente para Covid-19