sábado, 10 de dezembro de 2022 - 10/12/2022 01:30:46
Nice Content News

O sonho de trabalhar sem sair de casa já é realidade para muitos profissionais. O home office chegou para ficar e transformar as relações. A pandemia acelerou a tendência, e muitas empresas, entusiasmadas com os resultados e com a redução de custos, adotaram o formato remoto ou híbrido. Dentre as vantagens, está a possibilidade de compor um time plural, sem limitação geográfica. A conexão sem fronteiras permite novas formas de interações. Com a chegada em breve do metaverso, o salto será quântico, e uma revolução nas formas de trabalho deve acontecer.

O estilo de vida desejado por muitos vem acompanhado de desafios. Ben, o tio do Homem-Aranha, alertou em sua célebre frase: “Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades”. A liberdade de escolher de onde trabalhar precisa vir acompanhada de disciplina e organização – atributos importantes na autonomia da gestão do tempo. A organização é primordial, não só das tarefas, mas também do ambiente de trabalho. 

Misturar a vida pessoal com a profissional é uma armadilha fácil de cair, quando tudo acontece no mesmo espaço. Para a realidade não ficar caótica, e o que era liberdade se tornar um fardo, é importante estabelecer uma rotina, criar um ambiente confortável e dedicado ao trabalho. Manter um espaço funcional aumenta a produtividade e a motivação. Isso reduz as distrações e possibilita mais qualidade de vida. 

Quer adaptar seu espaço de forma simples? Confira dicas de como montar seu escritório em casa, com personalidade e sem muito investimento.

O que este artigo aborda:

1. Faça um quadro de atividades

A primeira atitude na decoração e reformulação de espaços é definir os objetivos. O mesmo se aplica ao home office: antes de organizar fora, comece por dentro. Não adianta ter um ambiente esteticamente bonito e funcional se a rotina não estiver estabelecida. 

Elabore um planejamento de tarefas, encare o trabalho em casa com profissionalismo, como um escritório real. Um quadro de avisos é uma sugestão para tornar tudo visual, com agenda da semana, datas e anotações importantes. É uma forma de fixar e não esquecer as metas e os compromissos. Alguns aplicativos e programas de computador também realizam essa função, com a possibilidade de compartilhar as atividades.

Separe a vida profissional e doméstica, não dissolva as fronteiras. Durante o trabalho, não faça tarefas da casa como lavar louças ou arrumar a cama. Defina uma programação e estipule as horas para o ofício, intervalos e assuntos pessoais. Os limites são importantes para não interferir na produtividade e gerar estresse. Comece e termine na mesma hora; por se embaralhar na logística do tempo, é comum a dificuldade de “encerrar o expediente” dentro da própria casa.

2. Amigos, amigos, trabalho à parte

Estabeleça diretrizes para não ser perturbado. Educar familiares e amigos é importante. Não é porque você está em casa que está disponível. O trabalho é igual a qualquer outro, só muda o local que é exercido. É importante a sua rede de apoio se adaptar aos novos tempos e compreender a seriedade da função. Colocar limites é fundamental, para usufruir da experiência com eficiência e prazer. 

Manter o foco exige condicionamento. A casa pode ser um “parque de diversão” para a procrastinação. Tudo é motivo para distração: a campainha que toca, o carro de frutas que passa na rua ou a televisão que os filhos ligam. Mas com concentração é possível usufruir dos benefícios da flexibilidade de tempo.

3. Crie sua estação de trabalho

É essencial separar o ambiente produtivo das áreas de descanso ou lazer. Uma sala reservada seria o ideal, mas qualquer cantinho pode ser aproveitado. Caso não possa ter um cômodo específico, crie uma divisão, em uma parte mais tranquila, e monte a estação de trabalho. Pode ser na varanda, no quarto ou sala. Com criatividade, sem investir muito, o home office pode ficar funcional e atraente. 

Pintar a parede com uma cor diferente, usar biombos e cortinas são alternativas práticas. Os biombos são versáteis e ganharam destaque na decoração, com padronagens arrojadas e diversos estilos como minimalista, retrô, geométrico ou vintage. Além de delimitar os espaços, trazem personalidade e charme. 

4. É aqui que tudo acontece

É na escrivaninha, bancada ou mesa que o trabalho acontece. Elas são protagonistas do home office. Invista em um móvel com tamanho compatível com seu espaço e altura perfeita para seu corpo, para prevenir lesões. A ergonomia é importante também na cadeira ou poltrona, para assegurar uma boa postura. O conforto contribui também para aumentar o foco e a produtividade, porque, além da estética, os móveis precisam cumprir a função de favorecer a saúde.

5. Foque na iluminação

A luz é aliada na rotina de trabalho, interfere no rendimento, criatividade e humor. Aproveite ao máximo a luz natural, para trazer bem-estar e economizar energia. Aposte também em lâmpadas e na iluminação difusa ou direcionável, como abajur ou luminária. 

A luz de LED fria é mais estimulante e indicada para locais que exigem atenção. Já as lâmpadas amarelas são mais quentes, trazem a sensação de aconchego e intimidade. Se o home office for integrado a outro ambiente, a solução pode ser mesclar os dois tipos na composição de uma atmosfera agradável: usar a amarela como luz central e a branca na luminária de mesa direcionável.

6. Dê adeus à bagunça

A limpeza regular do home office é importante. Não acumule papéis, e deixe em cima da escrivaninha somente o necessário. A confusão visual traz excesso de estímulos e prejudica a concentração. Separe os documentos por categorias, para facilitar encontrar. Nichos e prateleiras são perfeitos para aproveitar espaços pequenos, com funcionalidade e beleza. Permitem expor objetos e ter livros ao alcance das mãos.

7. Imprima sua personalidade

Já que vai passar tantas horas em casa, traga a natureza para perto. As plantas deixam o ambiente mais fresco e colorido. Contribuem para o relaxamento e a redução da ansiedade. Funcional não é sinônimo de insosso ou sem alma. Um ambiente acolhedor inspira e torna o trabalho mais prazeroso. Coloque sua identidade no home office, com objetos de valor sentimental, fotos de viagens, quadros ou ilustrações. Sem excessos visuais, mas com doses de criatividade, qualquer cantinho pode se tornar um refúgio para o ofício. 

Por fim, se você quer mais algumas dicas para montar um home office criativo, veja o vídeo do canal odCasa.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Equipe Nice

A equipe do Nice Content News conta com diversos profissionais competentes e altamente qualificados para trazer o melhor conteúdo para você.

1

Pode ser do seu interesse